domingo, 24 de julho de 2011

Metas



Minha meta é tão simples, "ser feliz", gostaria que executá-la fosse simples também.  Para ser sincero, isso se não for impossível é pelo menos improvável, mas prefiro usar impossível, ou inexistente. Digo isso, pois acredito que a felicidade está em momentos, numa tarde com pessoas queridas, uma música que te faz bem, uma boa lembrança...
Ninguém é feliz o tempo todo, sempre. Eu seria muito hipócrita se dissesse que já fui mais de um dia totalmente feliz, à todo tempo. A felicidade é momentânea, passageira, ela vêm e vai, o problema é aquela época que ela vai, e demora tanto pra voltar que parece que perdeu-se pelo caminho, ou parou pra tomar um cafezinho e ficou por lá.
Com isso, penso que a minha meta  -e de todos, por sinal-, é uma meta inalcançável, é algo que irei buscar até o último dia de vida, e também é algo pelo qual não temos opção, nascemos com esse objetivo, e morreremos com ele.

"Minha meta é ser feliz, nossa meta é sermos felizes,  e isso mostra o quão clichê a vida é".

2 comentários:

  1. Lindo seu blog, vi seu comentário la no meu! =]
    Obrigado! =]

    Estou seguindo!
    Boa noite, beijos.

    ResponderExcluir